Seguidores

segunda-feira, 18 de abril de 2011

Bonequinha

Para minhas sobrinhas.

Bonequinha

Minha bonequinha, vem para os meus braços

fecha teus olhinhos e nana, nenê.

Amanhã de novo, vamos ver o mundo

com todas as coisas que te fazem bem.

Faço mil caretas e sons engraçados

Faço-me de boba pra te ver sorrir.

Porque é tão mágico o teu sorriso

fico até pensando que és bonequinha

como aquelas outras lá no meu varal.

E quando te vejo dormindo tão calminha

realmente esqueço

que és apenas um bebê normal.

Debora Mota

6 comentários:

  1. Isso não vale!!!
    Tem que avisar essas coisas pra eu não chorar no trabalho!!!

    ResponderExcluir
  2. Que lindo, Débora!

    Fico fascinado quando você alia seu talento ao seu bom gosto.

    Abç

    ResponderExcluir
  3. Kkkk. Adorei a foto!

    Te vejo no Vida de Mulher
    Postagem de hoje: "Dar" para pegar.
    http://vidademulher2.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  4. Criança é um ser que encanta mesmo. A gente se faz boba, todas bocas e caretas para brincar. E a linguagem esquisita que a gente inventa? E a voz de anão que a gente entoa, somente para agradar os pequenos.
    Abraços querida e uma feliz páscoa pra você.

    ResponderExcluir
  5. Débora,

    Tão doce, lindo teu poema, como uma bonequinha bebê!

    Outro abraço(rs), Marluce

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita.
As letras que saem de ti iluminam este blog.
Visito a todos que comentam. Sempre.